Praça do Papa

Praça do Papa

 Praça do Papa

Uma cruz foi erguida ao lado dele, simbolizando o mundo cristão.

Após a visita do Papa, a praça se tornou um importante ponto de encontro religioso, sempre reunindo milhares de fiéis, além de atrações culturais como shows e atividades promocionais. É também um dos lugares preferidos dos moradores da capital para relaxar nos finais de semana.

O pôr do sol na Praça do Papa é um dos mais bonitos de Belo Horizonte. Durante a missa celebrada em 1980 pelo Papa João Paulo II, ele comentou a beleza do horizonte da cidade e deu ao local o nome de Praça do Papa. Do alto da praça, dezenas de moradores deitaram na grama esperando o momento mais esperado do dia. Quando o sol se põe, as crianças empinam pipas e brincam em carrinhos de pipoca e cachorro-quente. Este espaço é muito democrático e frequentado por jovens que querem relaxar. Apesar de estar muito perto do Mirante do Mangabeiras, a vista da Praça do Papa é diferente e ainda há muitos petiscos à escolha.

A Praça do Papa está localizada no bairro de Mangabeiras, o ponto mais alto de Belo Horizonte, e recebeu o nome em homenagem à visita do Papa João Paulo II em 1980. Deste local é possível avistar uma das mais belas paisagens da capital, Minas Gerais. Por isso, ao se deparar com esse cenário, o papa também homenageou seus moradores: “Olhando para trás as montanhas e falando sobre o horizonte. Mas o mais importante é que quando você olha para você, deve dizer: que lindo Horizonte !” ele disse.

Uma cruz foi erguida ao lado dele, simbolizando o mundo cristão.

Após a visita do Papa, a praça se tornou um importante ponto de encontro religioso, sempre reunindo milhares de fiéis, além de atrações culturais como shows e atividades promocionais. É também um dos lugares preferidos dos moradores da capital para relaxar nos finais de semana.

Naquela época, a presença do Papa no local era chamada de novo sermão da montanha, que não só sugeria o ritual dos rituais cristãos, mas também a paisagem formada pela Serra do Curral ao fundo. Anteriormente conhecida como Praça do Pinheiro de Israel, em homenagem ao ex-governador de Minas Gerais, o local foi escolhido para uma missa ao ar livre durante a visita de João Paulo II.

O monumento à paz é composto por uma escultura de 24 metros de altura, com 10 metros de face e 2 metros de largura, feito em três chapas de aço, sendo duas delas em forma triangular e a terceira como retângulo, pesando 92 toneladas. É de autoria do artista plástico Ricardo Carvão e considerada uma de suas obras mais icônicas; Carvão foi escolhido após concurso em que também participaram Amílcar de Castro, Franz Weissmann, Bruno Giorgi e Paulo Laende.

Na simbologia a parte superior, que aponta para o alto representa a fé em Deus e a parte inferior a bênção de Deus; a paz celestial e equilíbrio entre a fé e a bênção seria representada pela parte que divide os dois lados.

Ao lado dele foi erguida uma cruz, que simboliza a cristandade.

Que belo horizonte!. Esta frase foi dita por ninguém menos que o Papa João Paulo II, diante da paisagem vista da Praça Israel Pinheiro, no alto das Mangabeiras. Depois da missa campal, realizada em 1980, passou a ser chamada de Praça do Papa, onde foi erguido um monumento para homenagear o ilustre visitante. Cercada pela Serra do Curral, a praça é um belo lugar para passear e apreciar a vista panorâmica da cidade.

“Monumento à Paz” foi ali construído posteriormente pelo artista Ricardo Carvão e é considerado uma de suas obras mais icônicas, que se destaca na paisagem urbana da capital mineira. No símbolo, a parte superior do para cima representa a fé em Deus, e a parte inferior representa a bênção de Deus; o equilíbrio entre a paz celestial e a fé e a bênção será representado pela parte que separa os dois lados.

Mais uma estrutura histórica que carrega uma simbologia surreal, tanto religiosa como social, pela admiração que o PAPA teve de Belo Horizonte, qualquer um que queira uma experiência bela e uma memória inesquecível este é o lugar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *